quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

You taste


Sinto sua falta, como se não houvesse nada para me fazer sorrir mais forte, meu coração não pulsa nada a não ser insegurança. Todas as vozes na minha cabeça nós matam um pouco mais, as palavras são engolidas e descem rasgando a garganta, eu sei que nunca serei a favorita dos seus amigos, mas eu preciso de uma chance pra mostrar que você nunca vai conseguir ser tão feliz assim e eu vou tentar, eu vou tentar até todas as chances se esgotarem, por que não existe sol sem você, não existem sorrisos, não existe amor, não existe vida sem um por que. Não diga adeus quando a saudade apertar, quando tudo parecer perda de tempo, não diga adeus quando momentos difíceis implorarem a sua partida. Eu não desejo nada além de você, nada.
Ontem eu segurei na sua mão, em quando você sorria e me olhava sem nenhuma explicação, você não entende o por que de tantos sorrisos, sua voz só quer pronunciar coisas de amor, você se vira a atração de todas as musicas, eu não quero te perder nunca. Desejo nunca sentir a sensação de um adeus, eu não sei como meus olhos suportariam tantas lágrimas, não existe céu sem você, os dias claros viram nuvens e as musicas de amor tonariam-se dor. É impossível existir a distância se a saudade sempre te trás de volta, eu quero você pra sempre aqui, cumprindo todos os planos e palavras, promessas que fizemos um ao outro, não quero que tudo isso se torne mentira, por favor, veja todos os sacrifícios que estou fazendo por nós dois. Não há palavras que confortariam a minha dor, os médicos não achariam uma solução, nem dormir seria possível devido a todos esses pesadelos, não haveria religião que me fizesse crer em algo sem te ter aqui. Sou capaz de qualquer coisa pra te manter do meu lado. Todos ao nosso redor estão com medo, medo de algo que eles não podem entender, algo bom entre mim e você. Não haveria sentido em filmes de amor sem o seu abraço e todas as palavras que eu digo se tornaria um veneno pra relembrar tudo que costumaríamos ter, mas eu não preciso ter medo, não repita isso, por favor! Você não entende como doí pensar que você já esteve em outro amor que não seja o nosso, como a insegurança que você me ofereceu me faz perder sono, eu não consigo entender, vai ver não sou tão boa pra você.
As pessoas ao seu redor nunca vão aceitar o por que você me escolheu, como estupidamente você parece se satisfazer com uma garota como eu, se eles soubessem que eu faria tudo por você e o quanto eu amo seu sorriso, o quanto sua voz soa bem pra mim, como eu faria tudo pra te fazer feliz, eles entenderiam não é? Você será o único pra sempre. Não estou me referindo a uma paixão, não seja tolo, será sempre meu sincero amor. E amanhã eu vou acordar para fazê-lo rir e darei o motivo do sol nascer a você, por que não existiriam dias alegres se por algum motivo eu te perdesse. Nenhum dinheiro do mundo pode me dar uma vida eterna ao seu lado, eu não posso te substituir com um monte de caras e anéis, prometo que sempre serás o único e não há nada que eu não queria além de acordar todos os dias e dizer o quanto você significa pra mim. Eu não quero nunca ter a chance de sentir sua falta.

terça-feira, 15 de novembro de 2011

He will be loved.


Como é difícil descrever tanta dádiva. Eu não em importaria de passar minha vida toda lutando por você e no fim do dia eu ainda teria forças para te dar amor, por que você sempre será amado. Eu adoro seu sorriso debochado, seu cabelo atrapalhado, seu beijo simplesmente enche a minha boca de saliva, você sempre tem o dom de me fazer querer mais. Eu amo quando você me abraça e o modo que você me faz sorrir, ninguém mais faz.Você será amado ao final de todo dia. Eu não preciso ter medo, não preciso me sentir sozinha, eu posso fugir pra todos os lados, mas eu sempre irei parar na sua frente, você é o meu imã o meu grande amor, eu não quero saber o que tanto me atrai, mas eu não consigo esquecer, deixar, eu penso nisso o tempo todo é como se eu não tivesse mais lugar pra nada, como se todo o meu espaço, todo o meu mundo fosse pra você, feito por você. Adoro sua mão respeitosa no meu corpo, adoro sua pele macia passando lentamente pelos meus lábios e as minhas mãos deslizando pelas suas costas, eu amo como seu abraço me protege, adoro como você me faz sentir bonita, eu perderia todo o tempo da minha vida com você, perderia noites dando amor pra você, pois eu nunca me cansaria de te provar que mesmo depois de um longo dia no fim dele você será amado, você sempre será amado. Eu não posso controlar como o meu coração dispara, pode parecer modismo, mas não é. Eu tenho vergonha que você passa senti-lo quando seu corpo chegar perto de mais, mas eu não teria vontade de me afastar, afinal ele achou um novo motivo para nunca mais parar. O tempo corre e eu desejo a cada segundo que as coisas comecem a melhorar. Eu adoro sua voz sussurrando no meu ouvido a noite toda, adoro como você me mata de rir até 5 horas da manhã e como você só sabe o refrão das musicas, adoro suas manias estranhas e o fato de você odiar passas, eu não consigo parar de rir quando o assunto é você, eu não consigo não rir agora. Eu faria tudo pra você nunca dizer adeus, pra você nunca fechar as portas, desejo que nossa vida seja só rosas, por que ninguém deseja tanto te fazer feliz como eu, ninguém deseja tanto o seu sorriso, o seu cheiro, ninguém deseja tanto te ter por perto, eu não tenho mais forças pra viver longe de você. Eu não me importo de passar todos os dias lutando por você,  por que eu amo tanto isso, amo até sua banda favorita, amo seus defeitos e o jeito como você sai andando e olha pra trás só pra me ver. É tarde de mais pra dizer adeus, eu já tentei todas as saídas e elas sempre me levam pra você, eu não estou reclamando, só lhe peço que não diga adeus. Prometo que no final de todos os dias você será amado e não precisa ter medo, eu sempre estarei aqui pra te fazer sorri, ainda não encontrei algo mais valioso que o seu sorriso, duvido que exista. Você me mantém acordada, esperando pelo sol e eu não consigo deixa-lo no final do dia. Não importa pra onde eu tenha que ir, mas eu vou ficar por aqui por que eu amo você. Eu percebi o por que disso tudo é você, eu não poderia viver sem, sem o meu tudo é o ar que eu respiro, estranho é não ter te encontrado antes. Por você eu não tenho orgulho, vergonha na cara, eu não tenho decência ou medo da estupidez, eu me jogo, você me conhece, nunca fui de ter limite algum. Estou apaixonada por pequenos detalhes que não vou conseguir esquecer, meu coração pula o tempo todo e o telefone não para de tocar, é você por quem as minhas amigas ficam perdidas, é você que faz a minha mãe gritar é você que no final do dia consegue me fazer sentir amada. A única coisa que eu desejo agora é você e o sempre. Eu amo você.

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Disgrace


Por que anda tão serio? Segurando sorrisos na frente dos outros como se tivesse algo a esconder, eu não consigo entender, o por que de tantas duvidas na minha cabeça agora, eu não consigo esconder toda essa frustração nos meus olhos. Se lembre do que disse "Eu não vou abandonar você." Pode passar uma vida eu não vou desistir e não a nada que me faça mudar de ideia, por mais que me sufoque eu não consigo te esquecer, não consigo deixar você. Se frustraria se soubesse como me dói te ver levantar vôo sozinho, não sabe como me sangra tanta gloria na boca dos outros ao pronunciar seu nome. Sinto que estou perdendo partes de tudo que temos, eu me sinto assim o tempo todo, você diz que está bem, mas não está nada bem, não dentro de mim. Isso não é uma suplica é só um pedido sem muitas intenções. 
É como se na frente deles você tivesse que se conter, se esconder da minha luz e eu odeio ter que fingir que nada está acontecendo, isso me sufoca e me machuca, por que eu queria ser forte e ignorar, mas eu não consigo esquecer o que você disse, simplesmente não consigo esquecer. Não consigo ficar longe é um vicio, uma gloria, é mais que uma obsessão, eu te olho o tempo todo esperando que você perceba o quanto isso me faz mal. Não é que eu não consigo encontrar alguém melhor que você, eu só não quero, eu só não desejo nada além de você. Você andou me falando coisas lindas, fazendo juras de amor como um tolo, mas acho que ela lhe deu coisas que eu não pude te dar, eu só queria saber o por que, por que eu me sinto culpada o tempo todo? Como se eu fosse insuficiente, a metade de algo que eu não tenho nem a complexidade do tamanho, só queria que você me falasse o por que, talvez eu pudesse entender ou quem sabe até aceitar.
Eu odeio como você me evita, e me abraça como um velho amigo, faça-me o favor não se esqueça o quanto significo na próxima vez que me ver. Eu engulo a dor e expiro como se tudo fosse sair com esse ar que enche o meu peito e faz lágrimas saírem compulsivamente. Você entenderia se eu lhe dissesse que não quero ser só um dia de glória? Disseram-me que você tem vergonha de admitir que tem um sentimento, que seu tímido coração achou um motivo pra bater grosseiramente, pra estourar o peito e te fazer sentir como um idiota ou será que só eu me sinto assim? Não consigo mais me magoar pelos mesmos motivos é preferível dizer que está tudo bem, mas eu não posso mais mentir pra você, você me conhece, sabe todos os meus gostos,o meu jeito e como eu sou, não posso mais me esconder de você. Quem poderia adivinhar o gosto tão amargo que isso teria? Essa não era a intenção de ninguém, mas estamos aqui sem entender, apenas agindo como se estivesse tudo bem, eu espero que entenda que nunca mais serei capaz de confiar completamente em você, não mais. Odeio quando você nega coisas que você diz que sente, não suporto mais viver entre cartas de réis, como se isso fosse errado, como se isso nos impedisse de sonhar, de voar e você não consegue mais controlar é fraco de mais então eu evito tanta cobrança, melhor que me decepcionar, de novo. No fundo eu sei que só passará de um tempo de gloria e depois passaremos um do lado do outro sem entender o por que nada aconteceu, então os rumores se tornarão verdade e esqueceremos o verdadeiro motivo de continuarmos com isso.
Não a nada que eu deseje além de você, mas faça acontecer por que dói tantas voltas em algo que me consome, destrói e não se esqueça de dizer "Eu consegui", quando for capaz de me fazer completa, então eu não terei mais medo e poderei sorrir, como se nada fosse mentira, como se tudo tivesse sido fácil, como se fosse fácil amar você. 

sábado, 15 de outubro de 2011

18/07/1916



Nessa velha carta escrevo-te na esperança de que quando leias sinta-me no presente. Vivemos em tempos imorais, espero que hoje entendas isso.
Essa saudade atormenta a minha caneta e faz com que o papel rasgue de tão forte que te descrevo o meu amor. Imagino-me calada qual o som da sua voz, tempos cruéis me fizeram esquecer-se do seu olhar, me permito imaginar olhares que sejam tão apetitosos como os seus lábios. Escrevo-o essa carta tão triste que mal enxergo o papel sujo de tão reescrito que haverá sido. Sinto falta do seu casaco e do seu chapéu pendurados na entrada da minha porta, eu adoro o cheiro que a casa fica quando você vai embora... A falta que você faz é ironicamente notada devido ao meu silenciar constante. Eu notei e eu senti, sim! Eu senti, seus sentimentos foram correspondidos, dividirás comigo sua gloria. Naquele dia voltei para casa frustrada, com tanto ódio, eu só queria sentar e esperar que gentilmente a morte viesse me abraçar com seu consolo. Diversas vezes pensei que a distância ajudaria a esquecê-lo, mas esqueci que a saudade fazia lembrá-lo cada vez mais.
Já passou um bom tempo que tudo acabou, você mal deve se lembrar de mim. Amor, eu não sou mais linda como antes, minha pele cansou-se e agora dorme suavemente sobre os meus frágeis ossos, meu olhar cansado demonstra futilmente minha vida iludida. Aprendi a amar outras pessoas, que me ofereceram novas alegrias, filhos, netos... Não há um dia que eu durma sem pensar como seria se você estivesse ao meu lado. Eu só queria lembrar como é amar de verdade. Tolice, essa carta mal sairá da gaveta, assim como todas as outras. 

domingo, 11 de setembro de 2011

New moon.


Não consigo dormi essa noite, como se faltasse algo, como se faltasse sua voz sussurrando ao meu ouvido, algo que me fizesse dar gargalhadas, que fizesse me apaixonar, mas eu prometi pra mim mesma, nem mais um pio, nem mais uma palavra, já que tudo que eu digo se torna improprio, falso, infantil, egoísmo, repito, nem mais uma palavra. Você era minha lua nova, uma perfeição escondida na multidão, mas por algum motivo, seja lá qual for ele, eu te achei, não foi fácil. Acalme-se, ninguém aqui está reclamando, devagar você foi  tornando-se uma lua crescente, você cresceu e despertou algo dentro de mim, amorzinho. Tudo que eu queria era não ofuscar essa chama, seu olhar acabou se tornando os vícios dos meus olhos, eu não consiga desviar, estava na cara, todos perceberam, infelizmente isso eu não queria negar, só de pensar meus lábios formigam e minha boca grosseiramente enche de saliva. Como todo começo, o meu, o seu, o nosso foi uma droga, eu não conseguirá evitar todas aquelas vozes me dizendo o que fazer, eu as escutei inocentemente. Não saber o que fazer era frustrante, mas te perder uma vez foi bem construtivo, aquilo não iria se repetir, eu o queria e eu tentaria até que todas as opções se esgotassem. Lua cheia, você está perfeitamente aonde eu queria, sua voz é minha rotina, os sorrisos que eu facilmente arranco de você é a prova de que está tudo bem, eu não consigo falar outra coisa que não seja seu nome, todos conhecem meu novo assunto repetitivo. Intimidade é a consequência que arrancamos disso, não seja imprudente, eu não quero que você se vá. Eu conheço completamente você, estamos juntos, cheios de informações, informações o suficiente para nos mandar partir, para mostrar a nós que temos interesses diferentes, caminhos estreitos, palavras erradas, vozes falsas e mentiras, não vale mais a pena continuar. Lua minguante, os dias passam bem mais devagar sem você, mas eu tive que aprender me acostumar, eu me atarefo de coisas para não pensar, prometi a mim mesma, nem mais uma palavra, nem mais uma lágrima. Meus lábios secos se prendem uns nos outros, e rasgam-se lentamente para que eu possa pronunciar "Olá." Meu olhar para baixo esconde minha angustia, olheiras e tristeza, eu não sou a mesma, dizem que todos crescem após uma decepção, mas eu não esqueci ainda, todos os dias estou na janela pensando, esperando, imaginando se por algum motivo bobo você sentiria a minha falta. A raiva é o meu refugio para não voltar atrás, para não correr desesperadamente para seu abraço, seu colo, por que mentirás tanto? Talvez para se sentir satisfeito? Com seu ego acariciado? Você prometeu não me deixar partir e aqui estou eu jogada na cama de um hotel. Você disse que diria o quanto sou importante, mas desistirá rápido ao pronunciar o meu adeus. Você mentiu tanto, mas não cabe a mim citar cada estupidez em que eu tivera que acreditar. Eu não sinto mais nada, parte de mim esqueceu, abandonou, deixou tudo o que passamos para trás, mas meus lábios ainda continuam rachados, molhados rapidamente por um vinho barato. Amor, a lua não brilha sem o sol, então você se torna uma lua nova de novo, escondia, perdida, ofuscada no infinito. Você foi só um fase.

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Sem paz.


Eu sou uma tola, sem pulso pra corta, uma boba que não morre com veneno, sou uma idiota que não enxerga a luz, eu não consigo morrer, meu coração não consegue descansar, eu já morri, mas ele ainda insiste em lutar, pelo meu melhor, o melhor de mim. Eu nasci pra resistir ou pra ser abusada? Usada? Você não entende tudo o que eu tenho a dizer, isso doí, preciso de um refugio pra esconder o melhor de mim. Caras pintadas nas esquinas escuras querem acabar comigo, matar, me fazer sangrar, queimar o pouco que restou. Querem tirar o meu melhor. Eu virei outra pessoa... Eu preciso de outra coisa pra me enforcar, alguma coisa que não seja o seu laço, eu preciso de um herói pra me salvar, por favor que meu corpo não resista, me deixe morrer, me deixe sonhar, quero sentir o calor, preciso de uma faca agora. Você me ofereceu tantas coisas, esperanças, estão todas na minha mochila, esperando um lixo bem grande aonde eu possa arremessa-las para bem longe, são tantos sonhos, promessas sem uso, eu as devolvo se quiser. Seu laço está por todo o meu corpo, eu consigo me enforcar agora, meu corpo está pronto, minha mente me oferece vida ou morte, mas eu não consigo escolher, eu me recuso a desistir, eu preciso de mais, um novo amor, me diga aonde encontrar, me de um motivo pra viver, algo pra sorrir, algo pra escolher, me de um motivo pra tentar entender você. Eu devo confessar ou melhor me calar? É real essa dor que sinto? Ou é só um desespero para me suprir essa noite? A esperança dispara o meu coração partido, eu só queria um refugio para esconder o meu melhor, e quando pessoas como você chegasse... Então eu teria minha arma, nada me abalaria, afinal eu já morri uma vez.

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Morro negando.




Às vezes - quase sempre - não dá pra fingir, nem tentar esquecer, você sempre está na minha cabeça, como é cansativo todas essas mentiras, estou confusa. Só Deus sabe quanto estou cansada, como me mata pensar em você o tempo todo, minha garganta dói ao falar seu nome, as pessoas ao meu lado não aguentam mais o meu novo assunto repetitivo, eu não consigo pensar em frase melhor pra nós dois: " Insegurança, você sabe o que quer, mas acha que deveria querer outra coisa" O problema é que estou cansada, bem menos apaixonada, não restou quase nada. Seria imprudente dizer seu nome?  Em meado ao meu desabafo cuspido pelo ódio exercido por mim. Somos como cão e gato, na maior parte das nossas conversas agente briga, por mais que você adore me contestar, me irritar, é inevitável ignorar a sensação boa que isso me trás.
Minha angustia desce rasgando minha garganta, como uma dose de tequila, que seca a saliva e queima todo o corpo, por mais que seja um veneno você sorri com uma saciação inevitável. Um radar está em cima da sua cabeça, me procura, me caça, então desvia o olhar, faça tudo, mas eu não posso perceber, notar, suspeitar, jamais! Como está seu ego agora? Me dê algum motivo para me deixar irritada, um motivo para abraçar outro, uma dança casual com alguém, eu adoro isso, me mata, mas eu adoro. Só que me sinto mal por que logo logo vou embora, até porque, não fará diferença pra você se eu for ou se eu ficar, amor pode trazer suas roupas sujas, sua blusa verde enorme que eu tanto odeio, vindo de você eu não reclamo, só desculpe toda essa pressão, eu adoro realmente ser o oposto de você. Não estou pedindo muito, pode ser você mesmo, seja bobo, teimoso, seja meu dia, minha noite, seja meu, só quero uma chance pra guardar a 7 chaves o nosso amor, te mostrar tudo o que você tem medo de ver, uma chance, nada mais! As vezes é melhor mentir pra parecer forte que dizer a verdade que além de te fazer se sentir inferior ainda doí. 

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Grandes lábios.


Tenho 4 homens estocados na minha agenda telefônica, separados de maneira bem inteligente nós meus 7 dias da semana, não preciso de você! Minha saliva é como veneno na boca de alguns, todos, a maioria, você não! Eu tenho uma vida de grande amores, e uma grana alta no meu bolso da calça. Eu já tive dois namorados, grandes amantes e muita ilusão, mas ainda continuo sendo a maior atração das noites claras de alguns.
Você é meu vicio, meu melhor programa, minha heroína, meus suspiros, meu inferno, minha chama. Três dias na semana não é suficiente, tenho apetite de uma leoa, me supro com muita dificuldade, um programa, quatro pernas, saliva e suor por todo corpo, eu me vendo! Vendo minha alma, meu corpo, minhas orações, minha cama. Sexo francês, desejo de uma sensação de perfume francês, leve, louco, muita ternura. Franceses! Colombianos! Mexicanos! Você, meu doce problema, meu cigarro da solução, adoro como você reclama, seu aroma fortalecendo minha chama. Seus olhos, sua boca, eu aspiro seu alito como droga, inspiro, mais uma vez, mais uma vez.
Sou amoral, quero todos os programas, eu pago, eu do tudo, só me chama de volta pra sua cama, diga que me ama, uma dose de amor, por favor. Adormecido no hotel mais barato da cidade, suprida, mas cherí espere só até você acordar e ver como sou capaz de me tornar um problema, uma desgraça, a nova insanidade. Vinho barato mela a sua pele, agarra em meus toques suaves de caricias inevitáveis, eu abandonei a guerra por você, você tem razão de se achar assim. Seus lábios enormes me gritam em seu sono, nessa cama eu me sinto uma colombiana, francesa, americana, dona da melhor noite. Eu poderia te observar por horas, e ainda sim seria insuficiente, sou essa nova dama diante a um abismo em chama, eu tiro seus fios de cabelo que atrapalham o vislumbre perfeito da sua pele palida, eu agarro com força o ferro da cama, sussurro em seu ouvido com muita cautela "De novo" Que desespero, tola lamentação.

quinta-feira, 21 de julho de 2011

Fundo do poço


Estou no escuro, jogada por de baixo desses grandes muros, parece banal, mas não é. Escuto tudo que não há som, eu procuro um rosto a cada esquina, um rosto que só eu sei bem todos os defeitos e traços, aonde eu penso nele todas as noites, e mesmo com tanta dor oferecida por esse ser, eu sangro em paz, como seria fácil fazer tudo o que digo, minha mente é esperta, feroz, sarcas, mas meu coração é tolo como um cordeiro indefeso, burro, fútil, incapaz de viver sem um mero prazer oferecido pelo dom de amar. Ai está minha revolta, minha psicose, confusão, distúrbio ou qualquer apelido sarcástico que você possa saber pra explicar toda essa minha vida de droga. É como se fosse a primeira vez sempre, um momento único, irónico sempre sofrer no adeus, isso é uma verdade? Toda essa perfeição existe? É pedir de mais um defeito? É sim ou não, não temos mais tempo pra sofrer, se não quiser pode ir logo embora, e não volte, por favor, não volte! Eu sempre volto, sempre volto, pro mesmo ponto de início, eu não aprendo nunca, jamais, seria um surpresa aprender a te ignorar. Estou acabada, essa é a verdade, seus amigos acham que tudo o que eu sinto se expirou, eu já não consigo ser feliz mais, desejo cada coisa nova que vejo em você, seu corpo, sua voz, tudo me fascina, como um droga, um vicio. Você entende o por que do meu calar? Do meu adeus repentino? Dos meus olhares fugitivos dos seus? Você entende o por que de tanta dor? Tanta dor... 
   Exaustão, o ponto fora de perigo, o pico da felicidade, você não sente dor, rancor, você está cansada de mais para achar qualquer coisa, brigar, gritar, sonhar. Dormir se tornou uma atividade ótima, eu durmo como uma louca fugindo da dor, como se inconscientemente eu não quisesse acordar nunca, morrer ali não seria tão ruim. Ninguém aguenta mais ouvir o seu nome saído dos meus lábios trémulos, meus olhos rancorosos já não consegue mais esconder tanta decepção, os meus ouvidos cansaram de tantas mentiras inventadas por você. O fundo do poço é assim: Você não liga de ser usada para consolo dele, use-me, eu adoraria te ajudar, eu nem ligo, você já apelou pra macumba, tia néné trás o amor em 3 dias, você já está magra, gostosa, bonita, você já é amiga de todos os amigos dele, a mulher da parada, dona do pedaço, promessa, já ficou tempo de mais esperando horas compatíveis como 00:00, você está no fundo do poço, na tramaia, no desespero, na vergonha, e ainda sim eu não cansei de você. 
    Eu estou feito uma drogada, rindo da minha situação lamentável, afinal só me resta rir mesmo, já que seu corpo não quer fluir pelos meus, seus lábios, seus lábios são rios que me jogam contra uma ribanceira, pra lá e pra cá, como um peixe sem direção, jogada nas águas do Fracasso, e seu olhos? Eu não sei o que seus olhos tem que consegue me prender, esquecer a raiva, e me fazer gostar tanto desse seu jeito estúpido, infantil e problemático. Amor, eu posso te perdoa quantas vezes você erra, mas isso não quer dizer que eu esqueci tudo o que você fez, eu não vou amar você pra sempre, lembre-se disso. Não entendo o por que de tantas frases sem paixão, tanta pena e apertos de mãos, será que você realmente acha que eu planejei amar você?

sábado, 25 de junho de 2011

Me desculpe.


Olá, faz tempo que você não vem por aqui, mas eu ainda, infelizmente, me recordo do por que. Pense no passado e me diga, estamos de acordo com nossos planos? Mas a verdade é que eu nunca serei boa pra você, por que por mais que eu tente, acabou! Eu não consigo ser perfeita, humilde, não consigo pedir desculpa, eu sei os meus erros, mas não tenho coragem de concerta-los, nem tempo, nem orgulho, me desculpe, mas é assim. Está todo mundo ficando louco, ou sou só eu? Quem vai me salvar? Pra que tanta futilidade, eu vendi minha alma por roupas caras, sapatos, um guarda roupa maior que minha alma, um motorista a minha disposição, tanto dinheiro que não cabe mais nos meus bolsos! Ninguém se importa, só a um motivo pra viver, egocentrismo, espero que entenda o que eu estou tentando te dizer. Eu mudei tanto, vendi minha alma por poucos dólares, quem sabe jóias, uma vida de princesa, mas não estou reclamando, por favor entenda isso. Eu não fui justa, um pouco tola, afinal... Estou aqui de novo pedindo perdão, não precisa voltar, só preciso que diga "Eu te perdoo" assim então eu poderei seguir em paz, é um pouco maior que eu, tem haver com moral e ética, ou qualquer coisa boba assim.Eu não posso apagar as coisas que eu fiz pra você, não eu não posso, eu não posso te comprar com todo o meu dinheiro, ou pedir você em um loja, então eu me pergunto pra que tantas coisas se eu não posso te você aqui? Vou sumindo aos poucos, esquecendo tudo sobre mim, eu sou só bonita, nada mais. É triste acordar e ver aonde eu estou, amigas ricas, roupas caras, sapatos incríveis, desejada, mas eu me pergunto se posso me saciar com alguém como você, faltando tantos princípios fúteis, tristes, eu começo a sorrir sem desejar, claro que poço, falta um coração em mim, por que não ter alguém assim? Você viu em mim belezas que sumiram, mas agora eu posso dizer que em meu coração existe pena, pena de mim, sonhos quebrados, uma vida sozinha, mas tudo bem ainda da tempo de recuperar a felicidade que restou. Eu nunca me senti assim antes, tudo o que faço me lembra você. Eu adoro tudo que você faz, e quando você vai embora eu quase morro, você percebe o quanto preciso de você agora? Preciso da sua voz, dos seus lábios pra continuar meu dia, por que não está fácil continuar assim. Eu preciso que você entenda que eu me entrego de corpo e alma, eu preciso de você aqui comigo, é isso que eu tenho a dizer, me desculpe, de alguma forma está tudo bem, eu entendi aonde eu errei...

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Infeliz sentimento


Existem tantas coisas que eu queria te dizer, cada palavra que me faz lembrar você, tantos sentimentos pra serem demonstrados, mas eu não consigo... As palavras correm de mim a cada vez que vejo você. Eu queria te provar que tudo o que eu sinto é real, eu queria que você sentisse meu coração disparar, toda vez que eu penso em você. Eu queria que você visse meus olhos brilharem ao dizer o seu nome. Eu queria que você me visse chorar quando você vai embora, e as palavras jogadas nos rastros da sua partida. Isso não é um conto de fadas, ninguém está pedindo pra ser assim, mas pense em mim, por favor, pense em mim. Eu crio flores na minha cabeça, canções, momentos que nunca vão existir, você viria atrás de mim se eu saísse correndo? Talvez eu tenha um disturbio, ou seja só amor... Só amor? Você de alguma forma me faz bem, supre todos os meus defeitos, medos construídos pra mim. Pode parecer besteira, mas não é bem assim, eu senti medo de te perder, de não saber o que fazer, de esquecer seu nome, ou tudo que eu ensaiei com minhas amigas pra falar pra você, só pra você. Isso é o fundo do poço, a lamentação. Desespero. Seu doces lábios percorrem meu corpo, ninguém se rende essa noite, não se assuste, eu não sou louca, nem nada parecido, queria tocar em você, sentir tudo em você, uma magia, sentir algo explodir em nós, tipo uma kriptonita, fogos de artifícios, algo que seja bom pra mim. Suas palavras cuspidas tornaram comum no meu dia, já repassadas milhões de vezes, com milhões de sentidos diferentes, com tantos motivos que já quase não lembro mais. Você sentiu medo, desespero, foi bom pro meu ego dividir essa sensação sofrida nesses longos dias. Uma tola garota? Apenas um novo rosto? Aonde esconder suas mentiras agora? Talvez nos bolsos das calças? Você acredita nas minhas verdades, assim como eu acredito no seu beijo derramados em mim antes de dormir, já passou, cai no vazio escuro, a única coisa que lembro desse sono leve. Você está mais perto de mim, e mesmo que isso me cause medo, me faz bem, quando você passa, quando eu passo milhões de vezes por você! Eu desejo a cada passo está nos seus braços, jogada, amarrotada, todo dia, toda noite, eu não me importaria com os olhares, com os rumores, minhas roupas estariam em controle agora, por que não importa aonde eu esteja com você eu sou a única garota do mundo, sou especial, uma peça rará, algo que eu não posso entender. Você me ama ou sou só uma companhia? Eu causo desordem ou sou só a nova atração? Um novo rebolado, algo interessante pra você! Uma nova garota derramada em seus braço, jogadas aos seus cabelos, perdida em seus lábios, você pode pegar mais devagar se quiser, reze para que eu possa controlar. Meus sonhos tem todo tempo do mundo pra esperar por você, não tenha pressa, só faça acontecer, me faça sentir que esse coração que mal entra em erupção ainda está vivo, me faça gritar por você, desejar apenas você, então eu te olho, mexo em seu cabelo propositalmente, chego no seu ouvido fazendo meu corpo captar qualquer coisa que eu possa me lembrar depois. Eu quero só você.

sábado, 18 de junho de 2011

Sangrando.


Estou um pouco cansada essa noite, eu quase não tenho força pra voar, mal posso respirar, tão pouco esperar algo de nós, você pode esperar algo de mim? Estou querendo chorar, cair de joelhos, bater em mim mesmo, sangrar. Não é fácil viver assim, mas tudo bem eu posso aguentar, eu não consigo ceder toda essa pressão exercida, eu preciso voar, sorrir, sentir o vento essa noite, queria sorrir, brincar com você, mas isso está um pouco complicado. Quanto tempo você consegue correr? Invente uma mentira nova, quero sonhar com esse novo alguém. Só essa noite eu quero acreditar , fazer o que eu tenho vontade, mas podem descansar agora, eu não sou tão louca assim. Eu estou sangrando nesse momento, meus rastros estão marcados nessa estrada só de ida, o que você espera de mim? Eu não posso controlar todas essas perguntas na minha cabeça, você já se sentiu assim? O que fazer agora se minha única escolha é continuar? Ir em frente! Quero olhar prós lados sem pensar em mim, você já viu o mundo dessa maneira? Eu quero um homem que chore pelos mesmos motivos que eu, chorar por mim! Quantas pessoas te fazem sentir extraordinário? Eu sorrio involuntariamente com minha resposta, queria conseguir gritar tudo que sinto, talvez cantar, você escutaria uma musica feita pra nos dois? Choraria por isso? Seria tão gratificantes ter alguém que entendesse tudo que eu sinto, mesmo que seja frio, congelante, angustiantes, uma kriptonita, uma granada, nada especial pra você, nada feliz pra mim. Rastro de sangue, não posso mais sentir você aqui.Quantos amores já foram arrancados do seu peito? Você consegue chorar agora?  Estou lembrando coisas que são tristes, infeliz momento, continuando nessa rua só de ida, perambulando por ai. Mesmo que ninguém me entenda eu posso chorar agora, mesmo que essa ilusão seja continua eu posso seguir em paz, a algo feliz dentro do meu peito, quase posso voar, essa noite vai fazer um dia melhor surgir, um momento bom, não é fácil ser eu, nem fácil me sentir assim, mas eu só queria chorar, cair de joelhos, mentir pra você. Esta tudo bem, e ai? Parece besteira, mas não seja tolo, usurpadoras também ficam confusas, não é fácil ser assim de novo. Eu cortei os pulsos, sangro até um novo amanhecer, eu não consigo andar com tantas nuvens nos meus pés, vou ignorar agora por que finalmente eu consigo chorar, e isso acaba virando parte da minha dor, essa estrada nunca foi tão longa assim.

sábado, 11 de junho de 2011

Eu posso resolver tudo sozinha.


Você é único, o único por quem eu choro quando brigo mesmo mantendo isso em sigilo, garotas como eu não choram, você é único em que eu confio pra contar todos os segredos e problemas, minha grande e problemática lista de segredos e problemas, você é o único que me da saudades depois de desliga o telefone, e que me faz falar te amo a cada um minuto, você me faz ficar irritada, e sentir um ciumes que eu odeio, ignoro, sofro, tomo do mesmo remédio, você é o único que eu converso durante horas, a grande parte são brigas, mas nem por isso é motivo para não te ligar amanhã. Acho que está tarde de mais para arrastar o passado atona, você também está triste? Ou só quer minha atenção? Sou só vaidade? Uma dádiva qualquer? Você é o único que eu quero amar, que aguenta todos os meus charmes e manias, você é a melhor parte de mim. Você está indo embora e não consigo te prender aqui, não aguento mais sentir dor. Você é único que eu não quero perder, mas mesmo assim você está partindo, eu amo você, e pela primeira vez eu me sinto mal por querer o tempo todo isso, eu fiz tudo errado de novo? Nos já ferimos um ao outro e parece que estamos fazendo isso novamente. Você é o único que eu amo brigar todo dia, que me faz rir toda hora, você é único que eu não quero perder agora. Desculpa se eu errei, se não fui boa o suficiente pra você, mas você é o único que eu não quero magoar e quase sem perceber acabo fazendo isso, o único que eu não queria ter motivos pra chorar, mas te perder parece um bom motivo pra isso, eu te amo, acho que esse é o único motivo por eu está aqui ainda.

segunda-feira, 6 de junho de 2011

Sonos leves.


Quem é aquele garoto de cabelos lisos, boca grande, olhos tão escuros quanto os meus? Ele não sai da minha cabeça, essa vontade domina todos os meu longos dias. Não é um tanto quanto cruel velo todo dia? Ele mata minha ânsia, minha esperança, meu desejo com um simples olhar, e tudo isso pra que? Para mostrar que está vivo? Assim então só descansará quando eu desistir. Não consigo descansar minha cabeça, relaxar, estou sempre pensando, inventado formas para te ter, ou talvez ser notada. Eu queria não passar metade da minha vida questionando meus amores, namorados, sentimentos... É um tanto quanto infeliz da minha parte pensar assim, em querer de mais, gostar de alguém que mal conheço. Antes você passava por mim quase não me notava, agora olha, comenta e ri, talvez um deboche? Um sentimento? E tudo isso devido a minha atitude estúpida de querer sempre sua atenção, você sabe que só penso em você, que eu desejo você, mas é impossível, eu levo a serio, mas você desfaz, não consigo me cansar dessa ilusão de amor, preciso de um novo controle, um novo alguém, um juízo que me faça saciável com pouca facilidade, que controle meu tesão, meu calor, a tensão que seu corpo me oferece quando me dá novos olhares. Caro garoto sem nome, ainda estou lhe esperando na segunda arena, não se esqueça de aparecer por lá, mal posso esperar pra conhecer esse novo alguém, só não morda os lábios, e sorria de lado, não seria digno te beijar antes de perguntar seu nome. Prazer meu nome é usurpadora, está livre essa noite? 

domingo, 5 de junho de 2011

Algo em nós.


É tão diferente quando estou com você, como fico boba, chata, metida, criança, retardada, faço tudo pra você sorri. Sempre me acabo de rir com essa minha obsessão de te fazer feliz, sempre penso como fui boba e como tive coragem de fazer essas besteiras, mal comecei a falar e já estou sorrindo, rindo, dando gargalhadas, mas em algo temos que concordar, você também não é tão esperto assim. Parecer que vai explodir algo em mim, sair pela boca, gritar desejos, ficar sem controle. Está na hora de pirar, vão anotar todos os nomes sem sentido que vou falar, lá vem você com essa boca, esses olhos, esse corpo. Deus me de juízo, eu nunca me senti assim e devo tudo a você, ao cheiro, aos beijos, tire a mão dai! Trégua, não pode me beijar em quanto estamos brigando. Lá estou eu na primeira fila da classe, rindo bem alto, consegue me escutar? Estou me divertindo muito com os meus amigos, pode ver? Estou dançando no lugar mais alto da festa, rebolando até o chão, pode me superar? Estou arranhando um cara que nem consigo perguntar o nome, pode sentir esse tesão? Que incomodo causo a você, por que não me poupa de todo esse trabalho? É hora de ir pra casa.Odeio esses lençóis, minha roupa está  pelo chão, mas não consigo pega-lá, eu perco o controle mais uma vez , você adora, eu posso escutar, eu posso ver, posso superar, consigo sentir. Venha me amar, me controlar, me chame louca, me mostre o que é sonhar, a uma parte em mim louca com tudo isso e essa parte te mandou dizer: "Eu amo você".

sábado, 4 de junho de 2011

Nós três


É insuportável toda essa tensão, toda essa adrenalina correndo nas minhas veias. Eu sou louca com essa insanidade, esse desejo insaciável, os dois são perfeitamente diferentes, mas a perfeição seria se eles fossem um só. A verdade é que um não consigo me saciar é preciso dois, até mais.Tem uma parte de mim louca, indomável, insaciável, pervertida, que ama as grosseria, o deboche, as palavras curtas, a falta de carinho, que adora beijos fortes, aperto nas coxas, jogadas na parede, lance casual, desejo, sexo sem compromisso, mas uma parte de mim é uma criança, atrás de carinho, consolo, amor, um namorado, algo serio, que me ofereça proteção, que me trate como uma princesa, um anjo. Os dois me saciam, como o ódio, a raiva, amor, desejo. Eu preciso dos dois, apenas um não é suficiente, não me agrada, mas é inevitável não desejar aquele corpo, aquela boca, aqueles olhos. Inevitável não amar aquele jeito, aquele sorriso, aquelas covinhas, aquelas mãos no meu corpo. Eu os amo, mas que qualquer um, os dois são essenciais, pode parecer fraquesa, dependência, vaidade, mas é mais forte que eu,não consigo negar, desperdiçar. Espere que isso não passe nunca é ótimo sentir quatro mãos escorregando pelo seu corpo nú, mordendo sua orelha, então nesse momento você sorri, se sente completa, as noites se tornam mais longas, seus desejos mais continuo, você nem sabe mais o que quer, seu proposto é querer mais.

domingo, 20 de março de 2011

Quando chega a noite e você pode chorar


Mais uma, só mais uma. Ridículo, protótipo de desespero, pobre homem! Estou dando conselhos por toda a minha vida, eu já falei, ele já prometeu, mas a verdade sempre esconde. Vicio, ele esta gritando mais que minha voz, brigas, escuto isso todo o tempo, maldito vicio, maldito vicio. Toda noite e o mesmo som, só mais uma, maldito vicio que jogou tudo fora, vida, empregos, canudos. Um pedido, uma jornada, eu vejo o sofrimento em seus olhos, a dependência bem perto da sua boca, uma parte dele tenta, mas o vicio e maior. Estou gritando mais alto, eu quero lhe ajudar, você pode me escutar de novo? Maldito vicio, estragando sua vida, matando todos em voltas, pessoas se afastam, empregos correm, mas o vicio ainda grita, berra, alucina. Grandes tempestades, enorme idiotismo. Ele chora e jura não cometer o mesmo erro, mentira! Ele sempre comete o mesmo erro e mesmo assim eu o perdoou, eu nunca aprendo? Eu nunca aprendo!

Eu ando chorando aos cantos, sabemos você não e uma má pessoa, mas espero que entenda o meu lado, não posso mais ficar parada aqui, vou seguir, vou seguir. Parada. Empacada. Morta. Torno-me cada dia mais parecida com você, já nem tenho mais força pra gritar, seria desespero e aforismo da minha parte chorar? Tente me escuta, por favor, tente me escutar. E uma longa noite, mas não importa tenho que te ajudar, são tantas marcas, mas ainda sei me virar, vou continuar seguir em frente, jamais te deixar, consigo novas forças, ainda consigo te arrastar.

quinta-feira, 17 de março de 2011

Tarrachinhas.


Já fui taxada de louca, psicopata, cruel, mal amada. Sorrisos. Bocas. Delírios. Um louco. Insano. Sem sentido. Artistas. Músicos. Dentistas. Sentimos mais que os outros, nossas diferenças nos destacam, fazem com que acabemos sofrendo mais que o normal, sentimos, choramos, amamos cada dia mais intensamente. Estou gritando, estou berrando sorrisos sem sentir, estou berrando! Ando por ai criticando qualquer pessoa, fazendo amor com qualquer cara, ando dizendo 'te amo' pra qualquer um, como integradores de cartão, pegue! Leve o meu amor! Qualquer palavra e valida pra amar uma nova paixão. Dias vão e vêm, palavras ficam, amores acabam e hormônios gritam.
Deus onde está você nesses meus momentos de distúrbio? Quero uma nova ajuda, me mande, por favor, um novo amor, vou de joelhos à igreja, dias sem tomar refrigerante, eu nunca mais vou contar nenhuma mentira! Essa será a ultima, eu prometo.
Admito, sou meio louca psicopata, cruel, mal amada, qualquer adjetivo é valido, me de um e eu serei. Acabo virando uma artista, eu virei deus, eu sou deus! Dizem que sou louca por pensar assim, tudo bem, mais não vou admitir. Escrevendo assim me sinto uma política, talvez eu tenha idade na próxima eleição, vote em mim, estou cada dia melhor em boas mentiras! Mentiras. Ilusões. Pessoas falsas. Eu te amo. Estou cansada, meio irritada, dando palpite em coisas que já não sei nada. Criança. Garota. Princesa encantada.
Acabo sorrindo de lado, pobre menina louca, psicopata, cruel, mal amada, pobre menina que só fala, já nem escuto, já nem entendo nada, pobre menina mal amada.

sábado, 12 de março de 2011

Agradável inferno

Eu ando ignorando alguns caras, sabe fazendo eles de bobos, adorando toda essa atenção. Excitação. Estou meio preocupada com você, esse seu jeito de me ignorar me faz te desejar cada minuto mais. Estou correndo atrás de você, por outros rostos, outras personalidade, quem sabe pessoas. Agente anda rindo muito junto e você nem faz idéia de quem está realmente ali, mas eu prometi pra mim mesmo, nem mais um pio! Nem mais uma palavra do seu nome, nem ouso mais recusar algum cara, quero explorar em mim desejos que não reconheço, amores que não quero nem saber. Sexy. Meu amor grita por você, meu corpo anda com muitas atitudes, insanidade da minha parte está dizendo isso, estou segurando granadas, cortando os pulsos com laminas, levando um tiro, morrendo de amor, arrumando coragem pra fazer tudo isso. Estou meio desnorteada, sem saber o que fazer, eu ando pensando muito em você, perdendo os sentidos, mandando lembranças ao diabo. Garota louca, ele diz isso pra mim todo o tempo, eu sorrio de uma forma que o faça perde os sentidos. Pra mim e fácil morder os lábios e seduzi-lo de alguma forma, mas sempre me pergunto se ele realmente conseguiria satisfazer uma mulher como eu,  ele me manda indiretas todo o tempo, ou quem saiba seja eu que transformo cada palavra em um significado para conrresponder perguntas que não obtenho respostas. Eu ando meio ocupada com essa paixão, meio maníaca. Louca. Vou dando tudo que eu tenho, pulando na frente dos trens. Nunca foi minha intenção me gabar, mas você sabe que eu te tenho bem aonde eu quero, não sabe?

sexta-feira, 11 de março de 2011

Labirintos decorados



Não que eu seja uma pessoa ruim, sensata de mais, quem sabe um pouco extravagante. Uma bela historia de baixo dos braços, grandes amigos, amigos que estão do meu lado pelo luxo, glória de querer ser algo que eu não sou. Não sou diferente, nem especial, eu também choro, sofro e sinto falta, mas sou esperta, sei disfarçar cada dia melhor minhas dores, meus amores, sentimentos guardados apenas pra mim, gosto quando me julgam pelo o que não sou, estranho não? sou fascinada de mais por personagens, pessoas que desconheço, sou capaz de ser o contrario do que se diz respeito a mim. No meu cinema existe vários tipos de pessoas, danças, línguas, amores, mas eu nunca imaginária que poderia existir um personagem melhor que eu, não no meu mundo, não nessa historia, algo dentro de mim dizia que um dia seria assim de novo, eu não esperava encontrar o amor, mas também não esperava encontrar você.
Como ela e burra, ingénua. Está acreditando no mais velho caso de paixão, ela se ilude fácil e morro de ri com o grande apoio das amigas nisso. Tola garota, indo no caminho das paixões, nesse grande labirintos de ruas. Árvores.Casas escuras. Será que ele também a ama? Gostaria de jogar a verdade na cara dela, ele não está tão afim de você, você e só uma garota sem grandes atrações. Procura-se nele consolo pra sua solidão, correndo atrás de grandes amores , procurando na rua um par ideal, algo que atraia seus gosto, uma psicose. Será que gosto de ignorar toda essa revolta dentro de mim ? Uma tola sentindo dores que não são minhas, alegrias que não tenho. Eu estou bem na luz do escuro, desse calor gelado, no melhor sentimento do ódio. Coitada ela e louca, não sabe o que diz, mas diz tanto que me falta palavras pra falar.

sexta-feira, 4 de março de 2011

Sapato de cristal.



                          - Eu a conheci no alto de uma montanha, rodada por árvores ou bosques não sei bem o certo a dizer, seus olhos eram pequenos como a chama em seu coração e seu sorriso fazia todos ao seu redor parar um pouco para notá-lo, ela era cheia de historias, de uma ilusão de perfeição, era tudo mentira, mas a verdade em seus olhos nos faziam acreditar e rir. Eu me apaixonei diante a uma fogueira, suas mãos parecia se importa com meus cabelos, e seus olhos ardiam mais que as chamas do fogo, mas eu gostava de tantas ilusões, olhávamos para o céu estrelado nos fingindo acreditar com o conhecimento mentiroso de astronomia, uma estrela para nós era um planeta que vivia pessoas se perguntando algo que já não me recordo mais, ela de alguma forma conseguia tirar meus sorrisos como ninguém mais fazia. A noite foi longa, igual nossas risadas ao sereno instável, eu acordei antes do sol nascer ela gostava de me ver dormi, mas eu adorava pensar nela. Nossos olhares eram de garotos fúteis descobrindo uma forma de ser feliz, ela sorriu de lado, e tentava não me olhar de manhã, eu adorava o jeito que ela fingia não se importar. A tarde vem tão rápido quanto a noite, era sexy observa-lá a cada minuto, mas eu odiava isso, eu iria perdê-la a qualquer momento. Ela se aconchegou em meu peito e adormeceu, minha mão se perdeu naqueles cabelos negros, eu já não parecia ser mais o mesmo. Ela se foi, tão rápido quando chegou, e eu não fui capaz de me despedir, um "nos vemos em breve" pareceu menos triste em meu surto momento, ela partiu sem olhar pra trás, aquela era a ultima vez que eu iria vela, eu iria pensar nela por alguns breves instantes, mas eu não esperava que a saudade fosse tão imediata quanto acontecera, ela se foi levando com ela palavras de esperanças, palavras que eu dissera pra suprir o pouco de amor que ela arrancou em seus rastros até sua partida.
              Ainda estou tentando não pensar no resto dessa história ela me machuca a cada lembrança, realmente esperaria que ela acabasse aqui, mas a vida não e plena como queremos, mas é satisfatório saber que em algum lugar ela poderá ter um final feliz, sem dor e rancor, pensando assim quase sou capaz de sorrir, por um fato totalmente inventado.

Ímãs imaginários


A cidade está dormindo mais eu ainda estou acordada, fazendo planos e com vergonha dos meus sentimentos. Estava pensando na nossa felicidade, de um tempo que não lembro. Eu vou gritar pra você sorrir pra mim como sorria antes, voltar a ser meu e assim poderei ser sua novamente, por que eu cansei de chorar por algo que não me pertence, coisas que já não existem para mim. Faz um tempo que já achei um novo alguém, mais por algum motivo alimento essa dor dentro de mim, estou com sua blusa de frio e suas musicas em uma gaveta que jurei não abrir. Já não reconheço mais seu rosto, mas estava pensando em você, lembrando de mim, pensando que seria melhor deixar para o amanhã, talvez alguma coisa mude se eu chorar ou se você se lembrar de como éramos felizes por algo secretamente nosso. Meu corpo se aconchegava perfeitamente no seu, seu cheiro fazia partes do meu corpo se arrepiar, meus olhos chegam a lacrimejar e se eu rezar um pouco você voltaria pra mim? Aquela paixão que me marcou por tanto tempo, estou triste, mas penso em você e a todo tempo e fica difícil seguir em frente sem uma recordação que me faça sorrir, você pode sorrir pra mim ? E quanto a você ? E o que restou de mim ? Sou um garota que diz as amigas que não e certo chorar, eu uso mine-saia e botas no inverno, tenho cabelos vermelhos e uma banda de rock que não sai da garagem, não preciso dos seus sorrisos nem da sua pena, da sua ignorância , da sua inútil tentativa de me ignorar, tenho uma atitude de plena emoções, uma jovem louca, louca por amor. Eu tenho dois namorados e personalidades descontroladas, sou a rainha da cena e então eu entro no carro, pensando nos seus olhos e imaginando que estaria me esperando em casa como sempre, parece tolo mas não consigo ignorar tudo que já passamos, tente se lembrar, se lembrar de mim.

terça-feira, 1 de março de 2011

Meio louca !



Estou vendo vultos, vozes no silencio, luzes no escuro. Estou meio louca, te vendo por todo lado, sentindo seu perfume caro num banheiro de bar barato. Acordo em meados a gritos, com desejos que nem sei explicar, quero fazer parte de algo que desconheço, hoje eu quero trair um namorado que já não pertenço. Preciso de novas emoções, novos temores, sacudidas de terremotos, fogo de um vulcão. Eu sinto espíritos de pessoas que não morreram, eu temo as conseqüências das minhas causas, medo do comum e principalmente de mim. Meus pensamentos paranóicos mostram uma parte secreta que já nem reconheço, ele diz que meus olhos demonstram atração, mal sabe ele que me sacio com dor. Estou meio louca, querendo te ver na boca de um tubarão, estou meio louca rindo da desgraça, vendo luz na escuridão, confundindo amor com paixão.

sábado, 26 de fevereiro de 2011

Semelhanças.


E impossível não notar sua forma invisível e caráter tenebroso, e impossível esquecer seu sorriso e suas futilidades, e tão estranho como o seu jeito de amar, atrás de uma armadura que e criada para sua timidez, seus medos formam seus caminhos. Ele não e como os outros e isso me deixa feliz, ele não e aparecido, nem bobo, ele não gosta de bandas comuns e nem tenta ser comum, ele não e o mais bonito da escola, mais e perfeito quando se reconhece quem realmente e, um pouco de deus, semelhanças do inferno. Seu caráter e diferente, eu sinto neles igualdades a mim, nada de vidas perfeitas e contos de fadas, grandes sorrisos e muitas perdas, ele e incrivelmente especial pra mim. Arrancar meus segredos e desabafos de confiança e a especialidade dele. Ele e dramático, engraçado, bobo, tolo e apaixonado. Adoro seu ponto de vista, seu apoio e fundamental, a solidão seria mais triste sem ele, ele diz que vai morrer em breve e que o fundo do poço e o nível mais baixo, estamos presentes nele, só nos resta coragem para subir e ver o que se encontra na luz. Ele tem três tipos de lembranças, três tipos de amor e um motivo para a dor, ele e a melhor coisa que meus olhos já viram e incrivelmente especial, essencial e tão perfeito quanto o ultimo dia de inverno, você nunca sabe as cores das flores do seu jardim amanhã.

Para meu querido amigo Lucas Castro.

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Palhaço.



Estou brava essa noite e melhor não tentar me fazer rir, eu jogo o cabelo fazendo charme dizendo que não quero conversa, conversa com você. Você diz que sou gorda e rouba um beijo meu, imitando desenhos animados, fingindo ser feliz, como loucos insanos, insanos por amor, você diz que ficamos melhor assim. Dando gargalhada a noite toda, fazendo amor por séculos, ele põe a mão na minha cintura e já não me lembro mais nada, dizem que e bom se soltar, se soltar por amor. Eu estou bem, um pouco excitada mais isso vai passar, seu amor não parece ser tudo que desejo, prefiro quando não falamos sobre nada, seu olhos acabam com meu juízo, vou fingir que nem estou vendo! Eu sou certa e ele insiste em ser errado, eu mando na relação, ele obedece, como tolos que não entendem nada, nada de amor. Essas vozes no meu ouvido estão acabando comigo, gritando loucamente, quase não posso te escutar, passo as mãos nos cabelos como se não estivesse entendendo nada, vou afirma que estou bem, mas e melhor me levar pra casa, não sou capaz de controlar o amor, o nosso amor.

Fuck!

Insanidade da sua parte, me tirar do pleno juízo de uma menina apaixonada. Eu não sei o seu nome, isso e um tanto quanto banal, não sei o seu msn ou como achar seu telefone, eu estou como uma tola pensando naqueles olhos que nunca encontram os meus, perdendo o sono a 3 noites com desejos que não podem ser supridos. Ele atravessa a rua como se tivesse medo de olhar prós lados, isso parece errado, eu o fuzilo, esperando que ele olhe pra mim, como um pedido de socorro, mas ele passa com um sorriso de lado, sentindo meu sacarmos e aflições. Isso e banal, não e amor nem atração, ele e sexy, adoro aquele estilo despojado de uma velha calça dins, e sua pasta jogada de lado. Não entendo porque tenho todos esses desejos tolos, por caras impulsivos, estranhos e revoltosos, seria mais ético gostar do "gostozão" da escola, mais ficou louca com o inteligente sentado na minha frente, chego a rir com essa possibilidade. Venho a dias esperando seus olhares, talvez eu pule do meu carro velho e beije-o, saciando os meus desejos como uma louca, seria só um instante, eu não preciso de grandes controversas. Estou me jogando a um labirinto de atitudes, mais quando eu consegui-lo não terá mais graça, porque eu tenho a fútil capacidade me apaixonar por todos, mas só amar você.

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Broken Hearted


Você e o único que eu desejo esquecer e por algum motivo o poder de escolha escapa das minhas mãos, me diga por que tudo está assim? Porque paramos de conversa? Pra onde foram as esperanças de amor? E a cumplicidade? Porque anda dizendo que estou diferente? Diga-me porque toda noite sinto dor e ainda assim de manhã eu ainda continuo aqui? Não tenho força pra pedi-lo para partir, eu o amo e não quero fazer esse papel de menina tola. Você e único que eu amo perdoar, você e o único que eu odeio toda manhã e eu me canso de cada lágrima e a cada soluço, eu juro que vou esquecê-lo, mas não, aonde foi parar a força? Você jurou mentiras que sabia que não iria cumprir, eu tenho nojo mais sinto falta, eu fui tola mais seria pra sempre assim. As pessoas olham como e nítido ver o coração partido, eu não quero um coração partido, eu não quero um coração partido essa noite. Você e o único que guardo cada detalhe e sofro a cada minuto, você e o único que eu faço questão de tentar ser feliz, eu não quero dor. Eu quero mentiras, promessas bobas, eu quero fazer amor toda noite e sentir cada minuto daquele momento de grandes romances falsos, está tudo bem e melhor assim, sinto falta a cada segundo, mas eu não quero um coração partido, eu o amo e não quero passar por esse papel, sempre fui forte de mais pra sentir isso. Então o sol já vai partindo, as noites de horário de verão sumirão nada esta tão claro assim, não vejo mais nada na rua, os postes de luzes estão piscando, mas eu continuo na janela olhando a cidade amor, pedindo aos céus para você está pensando em mim também. Quase posso imaginar uma estrela cadente, eu queria pedir... Eu não quero um coração partido.

sábado, 19 de fevereiro de 2011

Hero


Ele anda dizendo que e legal, agindo como um super herói, cheio de idas e vindas, arrasando e desfazendo e eu me acabo de rir com todo esse jogo de sedução. Ele diz que sou qualquer uma, mal sabe ele que nunca saio do meu lugar, talvez eu fique atraída porque ele me lembra antigos amores, amores que eu sinto falta, a verdade e que eu sinto falta de brigar e gritar e de discorda com tudo que diga, ele e exatamente assim. Se fazendo de difícil com a boba arma de sedução, eu sei que ele sorri quando me diz essas coisas, porque eu sei que ele acha graça em mim, ele não e sensível nem tão incrível e minhas amigas iriam rir de mim se me vissem falando assim. Mas talvez ele saiba que não e bom se render na noite e chame meu nome, indo e voltando como dois tolos, brigando e discordando, rindo de coisas que nem tem graça, todas as minhas amigas tem pena dele, não parece ser tão bom como age. E se ele respeitasse meu espaço? Se fosse sensível e adorasse minha mãe? Eu diria que não era bom porque eu adoro confusão, eu adoro uma cena, adoro como ele finge não se importar porque no fundo eu sei que nesse homem existe um garoto atraído por uma mulher complicada e esquisita, que adora brigar e gritar cheia de idas e vindas que ele não pode controlar.  

Forget the pride


Eu sei que errei, eu sei que não foi educado gritar assim, fingir que não te amo não e tão bom, parece estúpido inventar tantas mentiras de pessoas que nem existem, momentos que não estão acontecendo. A verdade e que eu estou em casa esperando por você, sem saber aonde ir ou se ainda tenho forças pra correr, você diz que vai voltar a ficar perto de mim e eu não tenho certeza se aqui ainda e o seu lugar. Eu fui estúpida por deixar você ir embora assim, fui tola por não te dar valor que merecia. Estávamos tão apaixonados por grandes ilusões, mais aqui estou eu deixando o orgulho de lado e pedindo pra você voltar, porque eu amo você e sinto ciúmes de todas as suas namoradas, eu não ligo pras mentiras e talvez uma chance seja o novo recomeço, não perca mais tempo olhando pra traz, seus defeitos fazem parte de mim, suas brigas, sua insanidade, eu amo cada coisa que você tenha pra me oferecer e seus sorrisos eu sinto falta dele amor. E aqui estou eu deixando o orgulho de lado e pedindo pra você voltar, porque eu sinto muito por ter deixado você ir, e toda vez que eu olho pro lado e não te vejo dói, como uma faca cravada em algo que não sinto mais, então diga que vai voltar e volte a fazer comigo planos pro futuro e rir. Sua vida ai parece boa e estou triste porque não faço parte dela, já passou tanto tempo eu devia ter compreendido! Mas ontem você pareceu ser o mesmo e sem perceber você me disse coisas que me fez sorrir, então eu percebi que nada mudou e todo esse tempo que eu fiquei chorando por saudade de algo que nunca me deixou, toda essa força que eu criei essa armadilha contra você não adianto em nada, porque eu ainda tenho vontade de te pedir desculpa e te abraçar mais uma vez, seu cheiro esta comigo todo esse tempo e aqui estou deixando o orgulho de lado e pedindo pra você voltar.

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Sou louca por amor.


Eu amo o amor, eu não me canso de garotos, a verdade e que eu amo todos. Sou louca por mentiras de amor, não adianta negar todos pecamos assim, eu adoro dizer que e pra sempre e que eu os amo loucamente, eu adoro dizer que eles são únicos, mesmo não sendo. Homens são tão intrigantes, sempre tem algo novo para oferecer, um amor diferente, um beijo, um jeito mais sexy, não e melhor amar assim ? guarda seus segredos e experimentar a cada noite sentimentos que nao irá achar em nenhum lugar. Eu posso está errada e isso talvez seja infantilidade, mas eu quero tudo que possam me oferecer, eu quero amor, eu quero dor, eu quero só uma noite com você e depois a lembrança que foi  melhor de muitas.

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Sou um problema !


Eu não sou ciumenta, nem tento ser atraente com uma blusa curta, mais talvez eu as use, sou complicada e indecisa, sou estranha, mas dizem que tem algo em mim que e sexy e eles não sabem me dizer o que e, eu gosto de caras diferentes e musicas que ninguém escuta, eu tenho um blog que fala de amor e amor e a coisa que mais temo. Minha vida e paralela e tenho muitas opiniões, uma personalidade forte diz bem quem eu sou. Não aceito está errada, perde não e uma palavra pra mim, eu sou sem educação, fria e nervosa, mais eu choro muito, e demoro horas pra te responder com frases que possa parecer que assim como você também não sinto sua falta, mesmo sentindo. Eu não gosto de ser ignorada, eu sou a rainha do drama e adoro julgar os outros, mas aos domingos eu rezo pra que deus perdoe todos os erros dos humanos, para que ninguém possa julgá-los. Eu adoro ler e adoro acorda pensando em fantasias de amor. Eu sou amiga e nunca deixo meus amigos na mão, eu sou ótima em conselhos, parece que sei perfeitamente o que fazer, mas minhas relações são um desastre. Eu não bebo, eu não pego qualquer um, eu sou chata e impulsiva, mais sou capaz de fechar os olhos e conversar horas no telefone com você. Eu odeio discutir, mas às vezes faço isso só pra fazer as pases  te ouvindo dizendo que sou importante.
Eu vou sentir sua falta, ainda mais agora que deixei você ir pra tão longe, vou sentir sua falta porque não e qualquer um que me entende como você, mas e como você disse, eu seria a solução, mas sou só um problema. Não vou mais te incomodar e acho que você não vai se importar se eu sair pela porta dos fundos, vai? A dor já e algo presente na minha vida, você não e o primeiro que me faz sentir isso, você fica mais forte quando aprende a conviver com ela, isso não quer dizer que não sofro, apenas ignoro o fato de que não e você mais que me faz rir, que você não olha pra mim como antes e que tudo não passou de um momento do passado, mas de uma coisa eu sei, o passado e o que temos mais perto do presente.

Somos diferente de mais .


Ele e cauteloso, eu sou afobada, ele quase não sorri e parece que vivo em um circo, ele e incrivelmente carinhoso, mas eu não sabia o que era carinho, ele adora esportes e eu sou totalmente sedentária, ele e calado e eu a popular da escola, ele sempre tira notas boas e eu sempre estou de recuperação. Neste momento somos idênticos, você cospe venenos nas palavras assim como eu, você nega me amar e eu discordo com tudo que você diz, você também tem saudades dos meus lábios, mas e ridículo admitir isso, você me ignora e eu também me ignoro assim fica fácil aceitar o que sentimos, dor! Felicidades com seus novos sorrisos forçados, e sua namorada que você não ama, felicidades com sua dor e com a distância que você soube impor entre nos, felicidade com o amor, se essa e a palavra certa prós seus conceitos ou quero dizer, felicidade com a solidão e seu novo mundo de loucas paixões de apenas uma noite. Quando voltar não me procure por favor, vou estar procurando em outros detalhes que só encontro em você.

Sexy


Eu adoro pessoas caladas que não falam o que sente, e estranho a sensação de impotência, eu adoro caras inteligentes que sempre vão ter algo novo a contar a você, eu adoro nerd e suas caras de grandes informações, eu adoro amor eu acho sexo vulgar, eu adoro olhos claros acho mais fácil enxergar coisas que finjo ver, olhos escuros são sexy de mais pro meu pouco juízo, eu adoro danças e garotos que tem pouco controle, eu adoro lábios rosados e pele branca como a lua, eu acho lindo cabelo cacheado, mas em você tudo e perfeito, eu amo covinhas e como tenta esconde-las, eu acho sexy fazer carinho e acordar sem roupa, eu acho sexy o êxtase, eu acho sexy ser misterioso e pessoas que não sorriem muito e fundamental para a minha loucura tentar fazê-los rir a todo instante. E melhor eu parar de descrevê-lo, porque assim meu conceito pode não  parecer baseado em uma fútil verdade, meu amor por você!

Sou cheia de fases !


Minhas amigas dizem que e loucura mais as vezes e engraçado essa situação, eu amo 2 incondicionalmente, quando estou com um e como se estivesse louca pelo outro, eu não me contento tão fácil assim. São mãos, braços, beijos doces, amassos, meu problema e amar de mais, eu posso os machucar mais você nem tem idéia da dor que eu sinto, nem tem idéia de cada noite que eu passo chorando, talvez seja por saudade do outro, ou insatisfação do atual. A razão foi arrancada do meu peito, eu já perdi a noção do certo, mas não suporto olha-lo com outra, não aceito escutar essa manipulação do amor. Ele pode ser abusado, ate um pouco ousado, eu posso dizer que não os amo, mais a verdade e que eu amo de mais, eu sofro de mais, eu vivo de mais, mas o melhor de tudo e acordar e pensar que eu tenho uma nova coisa pra amar, e o certo ? fica pra amanhã, hoje eu preciso de qualquer sentimento que possam me oferecer, quem sabe assim eu não possa suprir a falta que ele faz, mas mesmo assim ele passa ao meu lado como se nunca tivesse me conhecido.

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Eu e voce já acabamos.


Você diz que acabamos, que já não temos mais nada, você já não diz as mesmas coisas, e parecer não fazer as mesmas gracinhas de sempre, acho que meu sorriso não e mais o centro do seu mundo. Você já devia saber que não importa quantas idas e vindas teremos que passar, vai ter sempre a sensação de primeira vez. Não pode fingir não se importar com os meus problemas e com que eu digo, pode fingir ser forte e me ignorar, pode tentar olhar nos meus olhos e negar que já não abalo mais você assim. Amor eu sei todos os seus gostos, sei todas as suas vontades eu tenho tudo preparado pra te conquistar.

Estava pensando.


Estou tão acostumada em te julgar, em dizer que você mudou, em dizer que éramos perfeitos. O problema e que eu estava ocupada de mais tentando chamar sua atenção de novo e me perdi no caminho, perdi o que você dizia que adorava, perdi seus sorrisos, seus beijos, suas covinhas lindas. Andam dizendo que meu coração perdeu o calor, você acha chato meus exageros forçados e eu já não suporto mais suas arrogâncias nas palavras. Agente mudou tanto que nem nos reconhecemos, seus olhares traçam caminhos que não participo, mais e estranho perceber depois de tanto tempo que eu também não sou mais a mesma, perceber que você tinha razão, mas mesmo assim eu não acredito que alguém sinta por você o que eu sinto agora.

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

O ultimo dia da minha vida !


Acho que não vou escovar os dentes hoje e nem tomar banho tão cedo! Visto minha saia com qualquer blusa, não preciso de roupas  pra onde eu vou, sabe aquele guarda-chuva velho ? será minha bagagem hoje vou pegar um avião, vou beber, andar pelada, hoje eu quero muita atenção. Estou atrás de um musico da Internet, meu destino e a casa dele e eu jurei a minha mãe que voltava antes da padaria abrir, mais acho melhor ela não esperar a minha volta. Aqui e tudo tão bonito a luzes e prédios por todos os lados, mais essas luzes não chamam mais atenção do que a voz dele saindo pelos meus fones de ouvido, mais a verdade e que eu espero que ele não tenha seguranças, porque eu vou tirar a roupa e cantar pra ele de um jeito que ele nunca viu igual. Eu quero sentir tudo que não senti, minha roupa já rasgou e eu não sei se sobro moedas no meu bolso da saia,espero que meu salto alto não quebre! Eu saio pelas ruas dançando, os caras não param de falar de mim, estou sentindo que vou ser presa a qualquer instante. Acabei de roubar um carro, espero que eu saiba aonde esta o freio e o acelerador, mais eu não ligo, o som do meu carro esta alto de mais pra me fazer voltar ao controle, se eu bater o carro, tomara que liguem pra minha mãe. Está boate tem uma musica ótima, me disseram que ele vai esta aqui, esperem que não se assuste o dj arrancou de mim o pouco de juízo que me restou. Lá está ele, tão sem graça quanto a sua roupa, ele e tão bobo que me da vontade de rir, eu quero o seu amor, quero tudo de ruim que poder me dar, eu quero você pra mim. Já está na hora de ir embora, mais a mão dele não sai da minha cintura, saio andando levando seu amor no bolso, espero que ele entenda que tenho muitas fases, a rua está cheia, e eu ? estou drogada, bêbada, e o gosto da sua saliva ainda não saiu da minha boca, estou com um sorriso na cara mas e melhor eu ir dormi, amanhã e o ultimo dia da minha vida, de novo.

domingo, 30 de janeiro de 2011

Logo vai melhorar



infelizmente a alegria não ensina tanto quanto a tristeza. A dor dura mais e o sorriso logo se vai. Erros são lembrados e triunfos esquecidos. Tão fácil ter inimigos, mas difícil fazer amigos. E não há como esquecer palavras que te fazem chorar, qualquer motivo é suficiente pra lembrar. Sofrer atinge nossa vida com muita força, enquanto lindos olhos não demoram a fechar. Aprender com a dor, conviver com amor. Lembrar que sorrir pode te levantar, tentar segurar o que há de bom. Não deixar de sonhar que logo vai melhorar, logo vai melhorar.

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Your eyes.


Seus olhos, seus olhos  fazem as estrelas parecerem que não brilham, seu sorrisos, seus sorrisos iluminam ate o infinito, faz o mundo sentir de novo o que já não sentia, sua boca, sua boca me faz ter sede de você, pode parecer besteira mais minhas amigas nao aguentam mais me ouvir falar disso, seu cabelo, seu cabelo eu adoro entrelaçar meu dedos neles pra sentir a sensação gostosa de poder ter você mais perto. Eu digo que você e lindo e mesmo que você diga que não a verdade e que eu não acredito, me doi saber que você não ve o que eu vejo e seu rosto me faz querer sorrir quando eu o vejo, porque de uma coisa eu sei, eu não mudaria nada em você, porque você e maravilhoso, bem do jeito que e.

Inspirado na musica
Just the way are  Bruno mars